Etiquetas

23 de setembro de 2017

BASÍLICA SANTA LUZIA, VIANA DO CASTELO

BASÍLICA DE SANTA LUZIA

Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo

Na nossa viagem pelo norte de Portugal, dedicamos este post a Santa Luzia, belíssimos local para se visitar!
No alto do monte de Santa Luzia, na maravilhosa cidade de Viana do Castelo, situa-se o magnífico monumento Basílica de Santa Luzia.
Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo
No cimo do monte de Santa Luzia, podemos deliciarmo-nos com as imperdíveis vistas panorâmicas que conciliam o mar, o estuário do rio Lima com o seu vale e a cidade.
Panorama do monte de Santa Luzia, Viana do CasteloPanorama do monte de Santa Luzia, Viana do Castelo
É uma visita quase que obrigatória pela beleza da Basílica, dos jardins e das exuberantes paisagens.
Jardim do monte de Santa Luzia, Viana do CasteloJardim do monte de Santa Luzia, Viana do Castelo
A Basílica de Santa Luzia, teve o seu início de construção no início do século XX por volta de 1903, ficando concluída em 1943. Considera-se que a última fase da construção da Basílica, foi inspirada na Basílica de Sacré Cœur, de Montmartre, Paris.
Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo
Toda a Basílica de Santa Luzia está edificada numa planta centrada em cruz grega, com elementos neo-romântico, neo-gótico e bizantino, num gosto eclético e revivalista que marcou a viragem de século, com a forma de um quadrado.
Interior de Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo
De nave única, cada um dos braços da cruz é ocupado por um altar, com o altar mor a norte. A sacristia tem a forma de semi-circulo.
Interior de Basílica de Santa Luzia, Viana do CasteloInterior de Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo
À entrada da Basílica de Santa Luzia encontramos a estátua datada de 1898 em bronze, do Sagrado Coração de Jesus da autoria do escultor Aleixo Queirós Ribeiro, sendo esta anterior ao próprio monumento.
Sagrado Coração de Jesus, Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo
Na Basílica de Santa Luzia observamos os magníficos vitrais rosáceas, estes vitrais foram executados pelo artista Ricardo Leone na sua oficina em Lisboa.
Vitrais rosáceas, Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo
Vitrais rosáceas, Basílica de Santa Luzia, Viana do Castelo
A Basílica de Santa Luzia, toda construída em granito, é coroada por zimbório, que podemos subir no interior da Basílica, deste local observamos uma vista soberba de 360º sobre a região, considerada como uma das melhores do mundo.
Basílica de Santa Luzia, Zimbório, Viana do CasteloBasílica de Santa Luzia, Escadaria Zimbório, Viana do CasteloBasílica de Santa Luzia, Zimbório vista panorâmica, Viana do Castelo
Consta que o Monumento Basílica de Santa Luzia teve como origem a forma de glorificar o nome de Santa Luzia pelo fato do Capitão de Cavalaria Luís de Andrade e Sousa que, sofrendo de um problema oftalmológico, começa a frequentar uma pequena ermida medieval dedicada a Santa Luzia, padroeira da vista, cujo atributo são os seus olhos dispostos numa bandeja, rezando e pedindo solução para o seu problema.
Santa Luzia, padroeira da vista
Ao ser-lhe restituída a visão, institui a Confraria de Santa Luzia, em 1884, tomando conta da isolada e abandonada capela e mandando construir uma estrada que ligasse a cidade ao monte, hoje podemos subir ao monte pelo elevador de Santa Luzia.
Estação do elevador de Santa Luzia
Elevador de Santa Luzia
Contudo, é o Sagrado Coração de Jesus o padroeiro do monumento, cuja devoção dos vianenses remonta de 1743. Ficando mais acentuada esta devoção de em 1918 aquando a epidemia da Pneumónica o povo vienense ter consagrado ao Sagrado Coração de Jesus a promessa de subir anualmente em peregrinação ao Monte de Santa Luzia se a pneumónica não efetuasse mais mortalidades. Cessada a epidemia, os vianenses fizeram jus ao prometido.
Sagrado Coração de Jesus
Essa promessa ainda hoje se cumpre, no domingo mais próximo da festa litúrgica do Sagrado Coração de Jesus.
Monte de Santa Luzia à noite
Monte de Santa Luzia à noite
Chegado o final do dia, amanhã continuamos a nossa viagem por Viana do Castelo.