Etiquetas

8 de outubro de 2017

AROUCA OS PASSADIÇOS DO PAIVA

Passadiços do Paiva



AROUCA



Passadiços do Paiva
Passadiços do Paiva

PASSADIÇOS DO PAIVA

Os Passadiços do Paiva, estão situados entre a ponte de Espiunca e a praia fluvial do Areinho no concelho em Arouca, é um passadiço de madeira com 8,7 Km e cerca de 500 degraus em madeira.
Placas Passadiços do Paiva
Indicações
O percurso pode ser efetuado no sentido EspiuncaAreinho ou no sentido inverso, sendo certo, que para voltar para o parque de estacionamento, terá sempre de voltar para trás, pelo mesmo caminho, a pé, passo a passo, existe sempre a opção de apanhar um transporte para regressar ao ponto de partida.
Passadiços do Paiva
Ponte sobre o Paiva
O nosso dia começou no parque de Espiunca, onde estacionamos o carro e fomos de Jipe para praia fluvial do Areinho, o que nos permitiu apreciar toda a beleza que envolve a região.
Passadiços do Paiva
Passadiços do Paiva
Decidimos iniciar o nosso percurso pelo acesso mais difícil dos Passadiços do Paiva, na praia fluvial por um caminho de terra batida que nos leva até à ponte sobre o Paiva.
Ponte Passadiços do Paiva
Ponte sobre o Paiva
A partir daí é sempre a subir, até atingirmos uma altitude de mais ou menos 400 metros, esta é a parte mais cansativa do passeio, mas ultrapassada esta etapa inicia-se a descida ao longo da grande Garganta do Paiva situado na margem esquerda dos passadiços.
Garganta do Paiva Passadiços do Paiva
Garganta do Paiva
Garganta do Paiva Passadiços do Paiva
Passadiços do Paiva
 Aqui o Paiva corre mais apertado devido à existência de uma rocha de elevada dureza. As vistas são exuberantes e vamos parando com alguma frequência para regularizar a respiração, ao mesmo tempo que contemplamos a paisagem.   
Passadiços do Paiva
Passadiços do Paiva

Garganta do Paiva Passadiços do Paiva
Passadiços do Paiva
A beleza é tão fascinante que rapidamente recuperamos toda a energia “gasta” no início, dos mais de 500 degraus encadeados em lances diagonais que já percorremos.
Passadiços do Paiva
Passadiços do Paiva

Passadiços do Paiva
Passadiços do Paiva
 A partir daí o perfil do percurso é quase sempre em linha reta, por entre árvores e acompanhado apenas pelo barulho das águas do Paiva e dos pássaros, todo este ambiente é puro.
Rio Paiva Passadiços do Paiva
O Rio Paiva
Rio Paiva Passadiços do Paiva
O Rio Paiva
Ao longo dos passadiços é possível encontrar alguns geossítios de significativa relevância como a cascata das Aguieiras - queda de água da ribeira homónima que, após percorrer Alvarenga, cai vertiginosamente sobre as escarpas graníticas que ladeiam o rio Paiva
Cascatas Rio Paiva Passadiços do Paiva
Cascatas  Rio Paiva

A Gola do Salto Rio Paiva
A Gola do Salto Rio Paiva
 A Gola do Salto, local no leito do rio Paiva marcado por um desnível com cerca de quatro metros.
A Gola do Salto Rio Paiva
A Gola do Salto Rio Paiva

 Rio Paiva
Rio Paiva
Mais ou menos a meio do percurso encontramos a praia do Vau.
Praia do Vau
Praia do Vau
 Uma pausa no percurso dos Passadiços do Paiva existe a  praia do Vau aproveitada por muitas pessoas para um mergulho ou simplesmente para uma paragem no bar.
Praia do Vau
Praia do Vau

Praia do Vau
Praia do Vau
 Para quem gosta de adrenalina tem a ponte suspensa feita de madeira e arame que permite a passagem para a margem esquerda do Paiva, é um caminho sem saída, mas que possibilita apreciar o rio noutra perfectiva e viver o filme do Indiana Jones.
Praia do Vau, Ponte
Praia do Vau, Ponte

Praia do Vau
Praia do Vau
Continuando o percurso nos Passadiços do Paiva, mais à frente o rio concede à paisagem características extraordinárias, uma série de desníveis rochosos que dão origem a uma sucessão de piscinas naturais em rochas alaranjadas e rosadas.
Rio Paiva
Rio Paiva

Rio Paiva
Rio Paiva
Rio Paiva
Rio Paiva
Terminado o percurso chegámos a saída de Espiunca.
Foi um dia repleto de tranquilidade e muita Paz, fizemos o percurso “passo a passo” e saímos com a promessa de voltar!